BRT - Projeto de Pesquisa - Etapa 2 - versão 1

advertisement
Construindo o TCC
Etapa 2 – Pré-Projeto
Tema do Projeto:
*Implantação de Sistema BRT – Transporte Rápido por Ônibus
1. Introdução
O BRT (Bus Rapid Transit), ou Transporte Rápido por Ônibus, é um sistema de
transporte coletivo de passageiros com a visão de ser o futuro do transporte de
superfície, para uma mobilidade urbana rápida, com mais conforto e segurança
ao passageiro e eficiente às empresas e órgãos governamentais envolvidos. O
sistema preconiza uma infraestrutura segregada para trânsito de ônibus
urbanos, que contam com prioridade de ultrapassagem e corredores
exclusivos, visando uma operação mais rápida e de frequência mais previsível
nas estações de embarque e desembarque de passageiros. Além de uma
mudança de conceitos na frota e na infraestrutura do transporte público coletivo
urbano, o BRT é um conjunto de mudanças, estruturais e de política públicas,
com influência na gestão de negócios de transporte público e que consta da
agenda política de planejadores urbanos e ambientais em vários países,
inclusive pelo aspecto de ganhos à gestão do meio ambiente (NTU, 2019).
No Brasil, há corredores BRT em Belo Horizonte e Uberlândia (MG), Belém
(PA), Brasília (DF), Curitiba, Cascavel e Maringá (PR), Fortaleza (CE), Goiânia
(GO), Campo Grande (MS), Vitória (ES), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de
Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) (BRTBRASIL, 2019).
Atualmente, no mundo são atendidos mais de 33.365.237 de passageiros por
dia em 170 cidades, em um total de 5.054 km de vias (BRTDATA, 2019).
1.1 Justificativa
No Brasil, até 2018, segundo dados da NTU (2018), uma frota de mais de 107
mil ônibus urbanos atendeu a um público de 40 milhões de pessoas, em mais
de 3,3 mil municípios. Considerando-se a taxa de crescimento da população só
no Brasil, que recebe um novo brasileiro a cada 19 segundos, é estimado que
haja uma população no Brasil de aproximadamente 260 milhões de pessoas,
das quais uma parcela de pelo menos 80 milhões serão usuárias de sistemas
urbanos de transporte (IBGE, 2019).
Esse crescimento de demanda exige um esforço no desenvolvimento das
políticas públicas para transportes, que tem influências e consequências nos
demais sistemas que apoiam os transportes, como geração de opções de
combustíveis, manejo e descarte de detritos do uso desses combustíveis,
infraestrutura urbana, planejamento urbano para a opções de espaço para os
transportes, entre outros.
1.2 Objetivos
1.2.1 Objetivo Geral
Identificar e descrever sistemas
implementação em centros urbanos.
de transporte BRT
e explicar
sua
1.2.2 Objetivos Específicos
1. Analisar os principais conceitos e características de projetos de transporte
BRT.
2. Relatar o estado de desenvolvimento de sistemas BRT no Brasil e nos
países onde esse sistema é adotado.
3. Descrever condições de implantação de sistemas BRT que gerem opções
para planejadores de transporte urbano na realidade nacional.
1.3 Metodologia
Quanto à abordagem da pesquisa, o desenvolvimento do trabalho é de
natureza qualitativa, em publicações nacionais e internacionais disponíveis em
artigos científicos e registros públicos, impressos ou disponíveis na Internet. De
natureza aplicada, esta pesquisa concentra-se em torno dos problemas
presentes nas atividades inerentes aos transportes públicos e procura a
identificação de problemas e descoberta de diagnósticos, visando a busca de
soluções como resposta a alguma demanda formulada por “clientes, atores
sociais ou instituições” (LAKATOS e MARCONI, 2003), como é o caso desses
serviços públicos.
A pesquisa qualitativa visa maior ênfase à interpretação dos dados coletados,
ao invés de sua simples mensuração numérica (SANTAELA, 2001), mas com
uma concentração do trabalho mais destacada no caráter descritivo das
informações encontradas, pelo seu valor na aplicação prática e permitindo que
a opinião do pesquisador possa estar integrada à pesquisa sem, contudo,
deixar que tais julgamentos, seus preconceitos e crenças contaminem a
pesquisa (GOLDENBERG, 1997). O aspecto quantitativo da pesquisa será
também importante, no aspecto de que permite bases para entendimento de
demandas e consequências da aplicação do conhecimento sobre o tema
central da pesquisa.
Inicialmente, descreve-se os conceitos de um projeto de sistema BRT, as
possiblidades de como pode ser implantado em uma cidade, descrevendo sua
adoção no Brasil e outros países de destaque.
Em seguida, com base na formulação do problema que originou a pesquisa, foi
relatada a situação de uso dos sistemas BRT no Brasil e em outros países,
opões de veículos disponíveis e possíveis consequências no trânsito urbano.
Ao final, foi realizado um estudo do valor efetivamente gerado aos usuários do
sistema BRT, cujo resultado visa oferecer uma visão de ganhos e custos para
uma efetiva implementação do sistema.
1.4 Considerações Finais
O objetivo principal do trabalho foi descrever o sistema BRT de transporte
urbano, que inicialmente se propõe a resolver ou ao menos amenizar em
grande parte um problema que cidades de porte já enfrentam há décadas e
que tende a se agravar, com a taxa de evolução da população e a escassez de
recursos naturais como fontes de combustível dos veículos aplicados ao
trânsito urbano.
Nessas condições, sistemas BRT apresentam a provável condição de alívio
aos problemas de concentração, frequência, disponibilidade e conforto aos
passageiros de transportes urbanos.
Pretende-se com a presente pesquisa fornecer a pesquisadores e
administradores públicos o conhecimento e opções para um melhor
planejamento da distribuição e atendimento desses sistemas.
Referências
BRTBRASIL. BRTBRASIL: A evolução das Cidades. 2019. Disponível em
<http://www.brtbrasil.org.br>. Acesso em 15 jan 2019.
BRTDATA. Global BRT Data. 2019. Disponível em <https://brtdata.org>.
Acesso em 15 jan 2019.
GOLDENBERG, Mirian. A arte de pesquisar. Rio de Janeiro: Record, 1997.
IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2019. Disponível em
<https://www.ibge.gov.br/apps/populacao/projecao>. Acesso em 15 jan 2019.
NTU. 2019. Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos.
Disponível em <https://www.ntu.org.br>. Acesso em 15 jan 2019.
LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos da
metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2003.
Download
Related flashcards
Create Flashcards