Innovation & Globalization
Brazilian Center for Research in Democracy
Nythamar de Oliveira, FFCH, PUCRS
University Research Centers:
A Case for Global Innovation
 The Brazilian Center for Research in Democracy is
committed to fostering interdisciplinary research in
democracy, bringing together researchers, fellows and
volunteers from five different Graduate Programs,
representing three distinct Colleges of the University.
 Graduate programs in Philosophy, History, Social
Sciences, Criminal Science & Economics
 Humanities (Faculdade de Filosofia e C. Humanas),
Law School (Faculdade de Direito),
School of Management & Economics (Faculdade de
Administração, Contabilidade e Economia)
Democratization & Normative
Grounds of Globalization
 18 permanent researchers, 6 postdoc & over 20 fellows
(National Research Council & state agencies) and
volunteers; infrastructure w/ multimedia, computers,
printers, and Internet; international liaisons.
 International thrust: the development & consolidation
of democracy in a globalized world through its social,
economic, juridical and political institutions, political
culture, social ethos, and related theoretical problems.
 Integration of human beings w/ technology is
essential to our research in democratic practices of
innovation and internationalization nowadays.
Empirical Research with Normative Intent
 Thanks to the integration of humanity w/ technology
in endless endeavors to adapt ourselves to new, everchanging environments & contexts of existence, the
very idea of democracy has been fashioned in 2,500 yrs
of global history, since Pericles thru our 21st century.
 In order to account for the complex integration
between practices of innovation & internationalization
of sustainable technologies in a globalized world we
must resort to a normative, interdisciplinary
conception of democracy that transcends its political,
economic instrumentality in governmental, managing
features that allow for social transformation in terms
of sociability, intersubjectivity, ethics, & historicity.
International Liaisons
 Latin American Centre, University of Oxford, UK
 Institute for Latin American Studies (Lateinamerika Institut, Freie







Universität Berlin)
Center for Latin American and Caribbean Studies (New York
University)
Centro de Estudos Brasileiros (Universidad Salamanca)
Institut Pluridisciplinaire pour les Études sur l'Amérique Latine à
Toulouse (Université Toulouse)
Institut des Hautes Etudes de l’Amérique Latine (Paris III)
Teresa Lozano Long Institute of Latin American Studies (LLILAS,
University of Texas at Austin)
Institut für Sozialpolitik und Organisation sozialer Dienste (Universität
Kassel)
Institute for Research in Phenomenology / The Center for Dewey
Studies (Southern Illinois University at Carbondale)
Ongoing Research Projects
Brazilian National Research Council (CNPq)
Interdisciplinary Research Groups, Labs and Nuclei:
Theories of Justice and Political Culture
Political Parties, Elections, and Political Communication
Power, Political Parties, and Elections
Technological Progress & Growth in Brazilian Economy
Research in Social Relations (Youth and Social Networks)
Emancipation & Citizenship: State,Organizations & Public Policies
International Relations and Organizations
The Military Regime: From Inception to Crisis
Violence and Justice
Public Policies of Safety & Management of Penal Justice
Research Groups Leaders
 Nythamar de Oliveira & Thadeu Weber
 Márcia Dias & Rafael Madeira
 Adalmir Marquetti
 Hermilio Santos
 Emil Sobottka
 Maria Izabel Mallmann
 Helder Gordim da Silveira
 Giovani Saavedra
 Rodrigo de Azevedo
 Postdoctoral Fellows: Walter Valdevino (Webmaster),
Melissa Pimenta, Rodrigo Nunes
Brazilian Center for
Research in Democracy
 Other Permanent Researchers:
 Agemir Bavaresco
 Fernanda Ribeiro
 Flavio Heinz
 Lucia Muller
 Luciano Abreu
 Ricardo Mariano
 Associate Senior Researcher: Hans-Georg Flickinger
 Postdoctoral Researcher: Helder Carvalho
Núcleo de Pesquisa Interdisciplinar em
Teorias da Justiça & Cultura Política
 Researchers from different national universities UERJ,
UFSM, UFPel, UFSC, UFG;GT Teorias da Justiça/Anpof
 Pesquisas interdisciplinares em teorias da justiça e
cultura política em filosofia social (ética e filosofia
política, ciência política, ciências sociais e ciências
jurídicas), mais particularmente em torno da produção
teórica de autores tais como Kant, Hegel, Rawls,
Habermas, Tugendhat, Taylor, Honneth e Höffe.
 International Symposia on Justice (past editions: 1997,
1999, 2003, 2009, next one to be held in 2011)
What is democracy?
 “The government of the people, by the people, for the
people” (Abraham Lincoln, Gettysburg Address, 1863)
 J. Habermas,"Three Normative Models of Democracy"
(in Seyla Benhabib, Democracy and Difference,
Princeton University Press, 1996)
 Liberal (J. Locke, J. Rawls) and republican models
(J.-J. Rousseau, H. Arendt)
 Jürgen Habermas’s proceduralist democracy
 Axel Honneth’s reflexive democracy
 Brazilian Democracy in the making, after 21 yrs of
military dictatorship (1964-85), 1988 Constitution
Rawls, Habermas, Honneth:
Critique of Liberalism & Normativity
Justice, Deliberative Democracy, and Recognition
Grupo de Pesquisa Partidos,
Eleições e Comunicação Política
 Encontros nacionais da Anpocs e ABCP, eventos
internacionais da IPSA, Brasa e Fomerco, organizados
em grupos de trabalho, seminários temáticos e mesas
redondas. Vários membros do grupo já publicaram
artigos em conjunto e participaram em livros e
números de periódicos científicos organizados por
alguns deles. O Doxa, Laboratório de Pesquisa em
comunicação política e opinião pública, mobiliza parte
dos pesquisadores deste grupo no acompanhamento e
análise da cobertura jornalística sobre as eleições
brasileiras.
Núcleo de Pesquisas sobre Poder,
Partidos Políticos e Eleições
 Objetivo primordial desenvolver e integrar pesquisas,
assim como promover eventos que estimulem o debate
em torno de questões associadas à linha de pesquisa
Organizações Políticas e Sociedade. Os temas centrais
que cercam as investigações são: democracia,
representação e participação política, comportamento
eleitoral, partidos políticos, instituições do Estado,
relações Executivo–Legislativo e comunicação política.
Assim, além dos temas tipicamente organizacionais, o
núcleo também investiga questões de natureza
comportamental na arena política.
Grupo de Pesquisa Crescimento e
Progresso Técnico na Economia Brasileira
 Objetivo principal: investigar o padrão de progresso
tecnológico, a distribuição de renda e o crescimento da
economia brasileira entre 1950 e 2003. O grupo
procura entender as razões do baixo crescimento da
economia brasileira entre 1980 e 2003 em comparação
ao período 1950-1980;
 Objetivos específicos:
 a) analisar a evolução da taxa de lucro e do salário real
e suas relações com o progresso técnico e com as fases
de crescimento da economia brasileira;
Grupo de Pesquisa Crescimento e
Progresso Técnico na Economia Brasileira
 b) analisar evolução da taxa de acumulação e alocação
dos recursos e suas relações com o progresso técnico e
fases de crescimento da economia brasileira;
 c) estudar as inter-relações entre a taxa de lucro e a
taxa de acumulação na economia brasileira;
 d) analisar as relações entre o crescimento econômico
e o setor financeiro na economia brasileira;
 e) desenvolver um modelo macro econômico com
economia aberta e setor financeiro;
 f) estimar esse modelo empregando séries temporais
Grupo de Pesquisa em
Relações Sociais (GPRS)
 Objetivo: desenvolver pesquisa sobre os diferentes
aspectos das relações sociais nas sociedades
contemporâneas, através de análises da vida cotidiana,
sobretudo no que se refere ao entendimento da ação
social, das formas de interação e interpretações do
mundo da vida; organizar diversos números da Civitas
- Revista de Ciências Sociais; líder do GPRS é
Secretário do Research Committee 14 (Sociologia da
Comunicação, Conhecimento e Cultura) da
International Sociological Association - ISA - e é
membro da direção do RC 07 (Pesquisas sobre Futuro)
Emancipação e cidadania: Estado,
organizações e políticas públicas
 Membros do grupo têm sido chamados para assessorar
órgãos públicos, em especial a secretaria estadual de
planejamento do RS; parcerias com o Poder Local de
modo a subsidiar a implementação e desenvolvimento
de estratégias de planejamento participativo no
município.
 Na UENF, professores prestam assessoria às iniciativas
de planejamento integrado em Macaé assim como
desenvolvem pesquisas visando ao desenvolvimento
regional do norte e noroeste fluminense.
Emancipação e cidadania
 A partir da PUC-MG, estudos acerca do delicado tema
do "terceiro setor", diagnósticos e mapeamento de
âmbito regional e nacional têm sido realizados. Tanto
pesquisadores como estudantes têm participado de
eventos acadêmicos e publicado resultados de suas
pesquisas, cumprindo seu papel de produzir e divulgar
conhecimento. Membros do Grupo organizaram
diversos números de Civitas - Revista de Ciências
Sociais. Em 2008 publica-se o livro A modernidade
como desafio teórico: Ensaios sobre o pensamento
social alemão.
Grupo de Pesquisa Relações e
Organizações Internacionais
 Desenvolve atividades de pesquisa e extensão sobre
integração regional, política latino-americana, ordem
internacional, governança global e teoria das relações
internacionais que devem contribuir para consolidar a
linha de pesquisa do PPG em Ciências Sociais;
estabelecer e consolidar vínculos acadêmicos entre
pesquisadores da área de diversas IES e outros órgãos
que se dediquem à pesquisa nessa área; produzir
conhecimento de modo a ampliar a compreensão do
contexto regional contemporâneo; contribuir para
formar jovens pesquisadores e aumentar o interesse
sobre temas internacionais.
Grupo de Pesquisa "Da Implantação
à Crise do Regime Militar Brasileiro"
 Estuda as articulações e especificidades das esferas
internacionais, regionais e locais, buscando produzir
conhecimento novo em história sociopolítica do
Regime Militar brasileiro visto no processo que se situa
entre a crise da democracia representativa e o governo
José Sarney.
 Trabalha-se na perspectiva de articular cenários
internacionais, regionais e locais na análise de
fenômenos e processos específicos do campo político
relativos ao período.
Grupo de Pesquisa "Da Implantação
à Crise do Regime Militar Brasileiro"
 Busca estabelecer formas pelas quais essa articulação
constitui novos objetos de análise no interior das
temáticas clássicas referentes à censura, à militarização
do Estado, à inserção internacional e aos movimentos
e organizações no âmbito da Sociedade Civil.
 Tem-se como fontes preferenciais a grande imprensa, a
imprensa alternativa, depoimentos orais e
documentação oficial em processo de desclassificação.
Grupo de Pesquisa
Violência e Justiça
 Estuda o sistema penal entre facticidade e validade,
realizando pesquisas interdisciplinares de alto nível na área
de Ciências Criminais. Em geral, pretende-se analisar
criticamente os fundamentos da Criminologia e do Direito
Penal, analisar as concepções de política criminal
defendidas pelos atores e instituições envolvidos com o
tema da segurança pública e controle do crime, na América
Latina e no debate internacional, bem como produzir
análises críticas da situação atual da política criminal, da
criminologia, do direito penal e processual penal brasileiro
contemporâneos, tanto no plano normativo quanto em
suas formas de gestão.
Grupo de Pesquisa
Violência e Justiça
 Com publicações sobre o tema, o núcleo pretende
ainda influenciar o debate da esfera pública sobre as
novas formas de controle social e sobre o espaço de
atuação do direito penal na sociedade brasileira. O
NECC tem sido convidado a participar do processo de
discussão e elaboração de leis e decretos, como o
decreto do indulto, e de debates públicos sobre o
sistema penitenciário. Além disso, tem desenvolvido
pesquisas sobre o sistema penitenciário em conjunto
com outros grupos de pesquisa, com o iTEC e com o
Conselho Penitenciário.
Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas de
Segurança e Administração da Justiça Penal
 Pretende acompanhar as profundas reformulações por
que passa o campo do controle do crime na sociedade
contemporânea. O Grupo busca realizar o
mapeamento e a avaliação das novas práticas de gestão
da segurança pública no Brasil, bem como o
diagnóstico do desempenho dos mecanismos de
controle social institucionalizados (polícia, sistema de
justiça, sistema penitenciário, etc.), assim como
analisar as concepções de política criminal defendidas
pelos atores e instituições envolvidos com o tema da
segurança pública e controle do crime.
Grupo de Pesquisa em Políticas Públicas de
Segurança e Administração da Justiça Penal
Parte-se da hipótese da (in)suficiência do processo
penal para lidar com a resolução de conflitos na
sociedade contemporânea, uma vez que ancorado
epistemologicamente nas raízes da ciência moderna e,
antes disso, herdeiro privilegiado de modelos
processuais penais inquisitivos, típicos do medievo;
identificar e avaliar as experiências emergentes de
modelos alternativos de composição de conflitos, a
dizer, os Juizados Especiais Criminais, o Projeto Justiça
Instantânea, a Justiça Terapêutica e a Justiça
Restaurativa.
Brazilian Democracy & Global Ethos
Innovation, University, Internationalization
PUCRS
“Another World is Possible”
 Globalization: a neoliberal imposition “from above” ?
 Challenge of integrating Development and Equality,
 Sustainable Development & Social Responsibility,
 State reforms and the participatory deliberations
of civil society & pro-active citizenship, beyond
paternalism, populism, and philanthropy.
Democracy, Deliberative Politics
and Global Social Networks
Foucault, Habermas, Rawls, Honneth
www.pucrs.br/cbpd
Habermas on democracy:
Technology, science, and the lifeworld
“I should like to reformulate this problem with
reference to political decision-making... we shall
understand 'technology' to mean scientifically
rationalized control of objectified processes. It
refers to the system in which research and
technology are coupled with feedback from the
economy & administration.We shall understand
democracy to mean the institutionally secured
forms of general and public communication that
deal with the practical question of how [humans]
can and want to live under the objective conditions
of their ever-expanding power of control...”
Social Technologies & Power:
Foucault on Governmentality
 "I think that if one wants to analyze the genealogy of
the subject in Western civilization, [s]he has to take
into account not only techniques of domination but
also techniques of the self. Let's say: [s]he has to take
into account the interaction between those two types
of techniques – techniques of domination and
techniques of the self. [S]he has to take into account
the points where the technologies of domination of
individuals over one another have recourse to
processes by which the individual acts upon
[her]himself.
Gouvernement de soi et des autres
 [s]he has to take into account the points where the
techniques of the self are integrated into structures of
coercion and domination. The contact point, where
the individuals are driven by others is tied to the way
they conduct themselves, is what we can call, I think
government. Governing people is not a way to force
people to do what the governor wants; it is always a
versatile equilibrium, with complementarity and
conflicts between techniques which assure coercion
and processes through which the self is constructed or
modified by [her]himself."
The Local - Global
Pragmatic Correlation
Globalization
Technology
Deliberative Politics
Democratization
Innovation
Local Economy
“Korrelation” bei Rosenzweig,
Der Stern der Erlösung (1921)
Gott
Schöpfung
Offenbarung
Welt
Mensch
Erlösung